Clínica Sementes, corpo e saúde em equilíbrio e no lugar certo

Contate-nos (11)3884-8984

Emagrecimento sustentável: você já pensou nisso?

Quando o assunto abordado é emagrecimento e alimentação, muitas pessoas têm uma receitinha que promete perda de peso rápida, metas de fácil alcance, assim como a adoção de novas atitudes em busca de um peso ideal – são condutas típicas encontradas nos pacientes que vivenciam este processo.

 

Muitas vezes, tais escolhas não são as mais assertivas, o que pode levar a diversos transtornos alimentares, comprometendo a saúde física e mental dos indivíduos. Você ainda acha que emagrecer significa restringir muito a alimentação e fazer horas de exercício sem fim? A manutenção do peso e do estado nutricional dentro da faixa de normalidade é fundamental para evitar que desvios para o limite, tanto inferior como superior, possam trazer agravos à saúde, colocando os indivíduos em risco nutricional.

 

Pessoas com IMC (índice de massa corporal) abaixo de 18 kg/m2 estão mais suscetíveis à desnutrição e carências nutricionais, enquanto indivíduos com IMC acima de 25 kg/m2, o que caracteriza a classe do sobrepeso, podem desencadear o desenvolvimento de doenças crônicas como a obesidade, diabetes, hipertensão, doença cardiovascular, doença renal e alguns tipos de câncer.

A obesidade é uma condição clínica na qual se verifica o acúmulo de tecido adiposo em excesso, determinando impactos negativos à saúde, o que leva à redução da expectativa de vida. Uma pessoa é considerada obesa quando o seu IMC é superior a 30 kg/m2. Não existe “obeso saudável”, uma vez que a obesidade é definida como uma doença inflamatória crônica.

O tecido adiposo secreta ativamente várias citocinas pró e anti-inflamatórias que influenciam efeitos como diminuição da sensibilidade à insulina, hiperlipidemia, perda de proteína, entre outras. Portanto, a obesidade tem relação direta com as doenças inflamatórias já citadas acima. Estudos mostram que em seres humanos, a alimentação excessiva aciona o interruptor da inflamação, levando ao ganho de peso e resistência à insulina.

Em alguns casos, mudanças simples na dieta e estilo de vida podem alterar a inflamação relacionada à obesidade. A regulação do peso corporal compatível é realizada por mecanismos neurais, hormonais e químicos, assim como por polimorfismos genéticos individuais que equilibram a ingestão e o gasto energético.

Desta forma, as anormalidades nesses complexos mecanismos, potencializados pelo estilo de vida e o comportamento alimentar não saudável, podem resultar em oscilações de peso. Faz parte deste processo um maior acesso a alimentos prontos para consumo com alta densidade calórica, excessos na quantidade ingerida, falta de tempo, de praticidade e de afinidade para cozinhar, além da falta de programação para se exercitar adequadamente.

 

Dra. Vilani Figuiredo Dias

Nutricionista

CRN 9748

Entre em Contato

recepcao@clinicasementes.com.br

 Fone: (11)3884.8984

Rua Bento de Andrade, 58  D Jardim Paulista

Os comentários estão desativados.

Pré-agende sua consulta

É fácil e rápido

Contate-nos (11)3884-8984
error: Conteúdo protegido