Clínica Sementes, corpo e saúde em equilíbrio e no lugar certo

Contate-nos (11)3884-8984

Doença Renal Crônica: Nutrição, Educação e Conscientização

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), um em cada dez brasileiros tem problemas nos rins. Quinze milhões de brasileiros têm algum grau de comprometimento das funções renais e mais de 70% dos pacientes que entram em tratamento de diálise não sabiam que estavam com a doença.

A Doença Renal Crônica (DRC) é definida como anormalidade da estrutura ou função dos rins, presente por mais de três meses e com implicações para a saúde (National Kidney Foundation, 2013). Os rins são os principais órgãos responsáveis pela eliminação de toxinas e substâncias que não são mais utilizadas pelo organismo. São fundamentais para manter os líquidos e sais do corpo em níveis adequados, além de realizarem importante papel no metabolismo ósseo e mineral, sendo o local de ativação da vitamina D e, principalmente, órgão-alvo de diversos hormônios envolvidos no controle do cálcio e fósforo corporais.

 

Atualmente, a DRC é uma preocupação crescente e com potencial para se tornar um grave problema de saúde pública, por ser tratar de uma doença silenciosa, que aumenta à medida que a Obesidade e outros fatores de risco favorecem o desenvolvimento da hipertensão e do diabetes, considerados os principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças renais. Além desses, histórico familiar, tabagismo, medicamentos, dieta rica em proteína animal e sal e o envelhecimento da população continuam a fazer parte deste quadro. A evolução é lenta e, em geral, assintomática, no entanto, sintomas como cansaço, perda do apetite, fraqueza, palidez cutânea, anemia, aumento da pressão arterial, inchaço e sangue na urina, aparecem quando o funcionamento dos rins está comprometido em pelo menos 50%.

Sendo assim, já é conhecido que a obesidade, a hipertensão arterial e o diabetes são os principais grupos de doenças crônicas não transmissíveis que, entretanto, são passíveis de prevenção por meio da educação e conscientização, principalmente pela mudança no estilo de vida, alimentação adequada e atividade física, fatores que contribuem para a diminuição de complicações e consequentemente da evolução para a DRC.

 

Para cada fase uma dieta

O planejamento da dieta deve ser realizado pelo profissional nutricionista de forma individualizada, considerando a avaliação do estado nutricional, hábitos alimentares e exames laboratoriais. A característica da dieta vai depender da progressão e ação medicamentosa, neste momento o desenvolvimento do vínculo com o paciente facilitará o entendimento e melhor adesão à dieta que, em geral, poderá sofrer restrição de nutrientes: como proteínas, potássio, fósforo e líquidos.

Acesse artigo completo

Saiba Mais: https://www.eusemfronteiras.com.br/doenca-renal-cronica-nutricao-educacao-e-conscientizacao/

 

Dra. Vilani Figuiredo Dias

Nutricionista

CRN 9748

Entre em Contato

recepcao@clinicasementes.com.br

 Fone: (11)3884.8984

Rua Bento de Andrade, 58  D Jardim Paulista

Os comentários estão desativados.

Pré-agende sua consulta

É fácil e rápido

Contate-nos (11)3884-8984
error: Conteúdo protegido